domingo, 30 de agosto de 2009

Maus tratos aos animais




Olá pessoal!!!
Estou de volta!!!

Depois de um período sem escrever, seja por falta de tempo ou de inspiração, trago novos assuntos para colocar em pauta, a fim de que todos vocês possam dar o seu parecer à respeito. E o assunto que trago hoje, não está relacionado à conceitos filosóficos, como também, não se relaciona à auto-ajuda pessoal, mas é bem direcionado à um acontecimento que muito me comove; “o mau trato aos animais” . Torna-se evidente que essa realidade é um fato antigo, decorrente das eras prímovas da dominância humana no planeta, quando este passou a domesticar os animais para seu próprio benefício; tal realidade sempre foi tratada como algo normal ou no máximo, fruto de uma má índole e irresponsabilidade pessoal; porém isso está mudando graças ao efeito provocado pelo trabalho intensivo das chamadas “ONGs de defensoria animal “; estas, efetuam seu papel organizando e pressionando as autoridades para a realização de campanhas de caráter popular, à fim de orientar, conscientizar e até mesmo punir pessoas relacionadas à tais infrações; porém, o mesmo não têm acontecido nas áreas interioranas de nosso país, visto que nestas zonas, há uma certa dificuldade de desmembramento provocada principalmente pela distância à se percorrer; tal fato, remete em maiores gastos, tendo-se apenas o respaldo dos veículos de comunicação para estas áreas, o que sem dúvida, limita e muito os resultados aí esperados.
Seja pela caça predatória, que elimina diariamente milhares de espécies do nosso planeta, seja pelo contrabando de animais considerados raros em condições bizarras ou mesmo pelo simples fato de você não dar a atenção necessária ao seu cachorro de estimação, tudo isso é considerado anti-ético e deve ser mudado.
O mau trato aos animais é uma causa ofensiva e extremamente desumana que deve ser banida do nosso convívio e quem dá o primeiro passo é você; cada um faz sua parte como pode para eliminar tal crueldade de nossa sociedade.



IDÉIAS EXTERNAS:
“ Se fazemos bem à natureza, ela nos retribui da mesma maneira, porém se à mal tratamos ela nos paga com maus resultados; então, por que reclamar se temos nosso justo merecimento?”.

Wanderson Cleyton
(colaborador)

Um comentário:

  1. muito bom depois le dou algumas ideias para colocar ai cara vlw...

    ResponderExcluir